Tag Archive: mestrado

O Spring Break desse ano foi semana passada. Infelizmente, não viajei. Pra não dizer que não fui para lugar nenhum, peguei um trem e fui passar o dia em Groningen, uma cidadezinha universitária muito bonitinha na Holanda. Pelo menos ninguém falava alemão! :lol: Também foi passear em Hamburg com minhas amigas, mas isso nem conta já que a gente nem tem que pagar o trem…

Mas, fora essas duas escapadas, fiquei em casa. Pra completar, foi definitivamente a semana mais fria do último mês. Até neve (bem pouquinho e de madrugada, mas, mesmo assim, neve) teve! Nem pareceu primavera e nem dava vontade de ir andar na rua.

Ou seja, acabei passando muito tempo dentro de casa mesmo. Não foi tão ruim assim. Eu finalmente terminei a minha coleta de dados (finalmente! êêêê! :mrgreen: *joga confetti no ar*). Além disso, também tive que organizar uma apresentação em dupla para a disciplina que estamos pagando nesse semestre, que foi tão trabalhosa que tenho certeza que não teria dado conta de fazer as duas coisas se não tivesse ficado por aqui.

Bem, a apresentação foi ontem, mas quase que não dava certo. Foi um trabalho em duas partes: na primeira metade, que foi antes do Spring Break, Danielle (minha dupla nesse trabalho) e eu fizemos uma análize semiótica do documentário “Kony 2012″, um video que virou sensação mundial há mais ou menos um mês atrás. Na segunda apresentação, queríamos descobrir como diversos países reagiram ao vídeo. O plano era usar os comentários deixados no YouTube… só que alguns dias antes de começarmos esta coleta de dados, os comentários foram tirados do ar. Apelamos para um plano B, que também não deu tão certo, depois um plano C e até um plano D, que também não foi perfeito. :roll:

Acabamos apresentando toda a trajetória do projeto, criticando os métodos e as ferramentas utilizadas. No final, correu tudo bem. O professor adorou e ficou até elogiando a gente depois. Vá entender…

Na próxima semana tenho outra apresentação para essa mesma disciplina, dessa vez sobre Marilyn Monroe e Carmem Miranda! :)

Quase um mês e meio viajando… Voltei pra casa exausta, ainda tô recuperando o sono, mas valeu muito a pena. Vi tanta coisa que não dá nem pra tentar contar tudo por aqui, mas olha só como meu mapa está bonitinho!

Aproveitei o final da semana para preguiçar, mas terça feira tem aula, e agora é a reta final do mestrado. Último semestre!

A Kunsthalle, uma galeria de arte em Bremen, re-abriu suas portas com uma exposição sobre Edvard Munch, o pintor norueguês mais conhecido por “O Grito“. Minha turma foi lá conferir.

A história é interessante. Recentemente, o museu de Bremen fez uma checagem nos seus quadros, e notaram que uma moldura tinha duas telas. Resultado? Descobriram que tinha uma nova pintura por baixo de outra. Essas duas pinturas em conjunto tem os temas mais comuns do trabalho deste artista, então os curadores desta exposição organizaram as salas não por ordem cronológica, mas por temática. Ficou interessante. Uma organização bem visual.

Mas, devo confessar, se eu fosse esse cara, acho que estava xingando todo mundo. Vamos combinar que, se ele colocou outra tela por cima desse misterioso quadro, é porque não queria que ninguém vesse, né? Além disso, a exposição também tem várias versões de cada obra: em uma das paredes, se conta sete versões do mesmo quadro em um espaço de três anos. :shock: Não acho que eu gostaria da situação: todo mundo olhando versões que eu considerei inacabadas.

Enfim, no final da exposição, é possível mandar cartões postais virtuais com a sua própria foto. Danielle e eu imitamos o quadro mais famoso do cara, que não estava na exposição (acho que está em Amsterdã!), mas uma versão anterior do quadro estava lá. :lol: